terça-feira, 26 de setembro de 2017

Dancing Brasil 2 - Ep.10 - Grande Final (25/09/2017)

Na noite do dia 25/09 aconteceu a grande final da 2ª temporada do Dancing Brasil. Apresentações caprichadas, música ao vivo e o resultado (já esperado) transformaram a noite de dança da Record TV numa das atrações mais memoráveis da emissora, sem contar nossa Rainha que deu um "xou" a parte.



Abertura
Após um extenso VT, que misturou depoimentos, ensaios e apresentações prévias dos participantes, teve início o tão esperado número de abertura. Direto de um camarim cenográfico montado à beira do palco, Xuxa aparece se preparando para a noite ao mesmo tempo que arrisca alguns movimentos "sedutores" interagindo com a câmera. E como não deixar de reparar no momento ostentação? Na mesinha do camarim estavam os dois prêmios Grammy Latino, que a loira recebeu por conta do XSPB. Nada mais justo que numa noite de premiação, a rainha também mostre seus prêmios...

Rainha dos Baixinhos, Rainha da Dança, Rainha dos Grammy...
Resumindo: RAINHA

A porta do camarim se abre para o palco, onde quase todos os participantes e bailarinos da temporada vão aos poucos surgindo para completar a performance. Sérgio Marone também arriscou uns passinhos...

"Todo mundo quer dançar": Sai gente de todo lado, até detrás da parede

Alguns elementos cenográficos utilizados durante a temporada também estavam lá, provavelmente para dar um caráter retrospectivo para a performance, mas o letreiro luminoso "Circo", utilizado no 6º programa, por ser muito grande e estar bem no meio do palco acabou chamando mais atenção do que devia, o que causou a impressão de que a ideia era boa, mas na prática não deu muito certo.

Nem no programa do Circo, o letreiro teve tanto destaque...

Toda cantada ao vivo, a abertura foi um medley de "Waiting For Tonight" (Jennifer Lopez), Never Gonna Give You Up (Rick Astley) e, da já conhecida dos fãs, "Reach" (S Club 7) - sim, a versão original da música "Vem Dançar" que nossa Rainha gravou em 2001.

Aquele momento em que você entende porque eles foram os 4 primeiros a sair

Os três finalistas apareceram ao final da abertura, suspensos em molduras luminosas, que os levaram até o palco. Os bailarinos finalistas também receberam destaque numa sequência de dança só com os três.

As estrelas da noite: Suzana, Yudi e Lexa


Figurino
Xuxa utilizou um lindo vestido desenhado por Marcelo Cavalcante, seu figurinista de anos, e produzido por Michelly X, que desde a primeira temporada arrasa na execução de boa parte dos figurinos da loira.

A rainha em noite de Diva greco-romana


" A cor dourada foi intencional, pois faz ligação com a vinheta de abertura, onde Xuxa assopra os paetês dourados que se transformam no logotipo do programa. Já o corte tem a ver com a necessidade de movimentos pedida pela coreógrafa, dessa forma a roupa foi desenhada para que Xuxa tivesse essa liberdade. Ficou um figurino com cara de roupa de dança. Tudo a ver com programa. E os bordados em forma de folhas de louro dão um ar de deusa greco-romana."  - explicou Marcelo.

O croqui feito por Marcelo Cavalcante e divulgado em seu Instagram


Jurados e votação
O famoso "trio de três" marcou presença - como sempre - com comentários pontuais e inteligentes. Deram suas notas mesmo sabendo que elas não teriam poder decisório na noite. No programa passado, Jaime disse que o Dancing também era bom por causa deles. Verdade! Jaime Arôxa, Paulo Goulart Filho e Fernanda Chamma já escreveram seus nomes na história do programa e fica difícil imaginar o programa sem qualquer um deles. A terceira temporada do programa já foi anunciada (ainda sem data definida), mas esperamos que seja possível contar com a presença de todos.

As implicâncias de Jaime, a sinceridade de Fernanda e a técnica de Paulinho vão deixar saudades... Queremos esse trio na 3ª temporada, viu, Record TV?


Dinâmica das apresentações
Diferente da final da primeira temporada, quando os casais se apresentaram com três coreografias (ritmo com pior desempenho, ritmo inédito - Charleston - e ritmo que mais gostaram), dessa vez os finalistas fizeram apenas duas apresentações: ritmo que tiveram mais dificuldade e "Show Dance", que consistia em misturar três ritmos numa só coreografia.
Na primeira rodada, algo inédito: os três casais levaram triplo 10.

Triplo 10 para todos na 1ª etapa da noite: inédito

Na segunda rodada, os jurados estavam mais afiados e só Suzana conseguiu repetir o feito da nota máxima. Lexa e Yudi levaram alguns puxões de orelha. Mesmo com uma performance de tirar o fôlego, uma pequena derrapada de Yudi não passou ilesa por Jaime Arôxa e Paulo Goulart. Já Fernanda não viu o menor problema e ainda fez um de seus melhores comentários até hoje:

...e nós damos o triplo 10 para você, Fernanda!


Músicas
Com um repertório bem eclético, o Dancing Brasil fechou seu ciclo com a banda do programa cantando apenas sucessos internacionais. Vamos a lista:

ABERTURA:  Medley:  Waiting for Tonight [Jennifer Lopez] (1999)
                                       Never Gonna Give You Up [Ricky Astley] (1987)     
                                       Reach [S Club 7] (2000)

Ritmos que os participantes tiveram maior dificuldade
1. Suzana & Tutu - One Moment in Time [Whitney Houston] (1988) *interpretada por Thalita Pertuzatti
Ritmo: Rumba

2. Lexa & Teo - Wake Me Up Before You Go-Go [Wham!] (1984) *interpretada por Milton Guedes
Ritmo: Jive

3. Yudi & Bárbara - Because of You [Kelly Clarkson] (2005) *interpretada por Talita Real
Ritmo: Rumba


Show Dance (Mix de Ritmos)
4. Suzana & Tutu - There's Nothing Holdin' Me Back [Shaw Mendes] (2017) *interpretada por Milton Guedes
Ritmos: Tango, Valsa e Cha Cha Cha

5. Lexa & Teo - Sweet Child o' Mine [Guns N' Roses] (1987) *interpretada por Alirio Netto
Ritmos: Paso Doble, Tango e Cha Cha Cha

6. Yudi & Bárbara - Uptown Funk [Mark Ronson feat. Bruno Mars] (2014) *interpretada por Milton Guedes e Alirio Netto
Ritmo: Quickstep, Tango e Cha Cha Cha


ENCERRAMENTO:
Bailarinos: Red Light Spells Danger [Billy Ocean] (1977) *interpretada por Lívia Dabarian

Participantes: One Life [Boyce Avenue] (2014)


Palavrinhas Mágicas
O clima de decisão contagiou nossa Rainha, que para acalmar os participantes, começou o programa relembrando a sua famosa frase: "querer, poder e conseguir". E ao final, antes de anunciar o resultado, ela ainda recitou os primeiros versos de "Lua de Cristal". É, o sonho estava no ar...

"O sonho está no ar, o amor me faz cantar dançar..."

Encerramento e ausência
O elenco da temporada voltou ao palco, antes do resultado, para uma performance de encerramento. Dessa vez a música tema, I Wanna Dance With Somebody deu lugar a One Life, balada (pouco conhecida) com letra motivacional: It's time to stand up and fight / It's time for making it right / We only get one life / One life. Apenas Théo Becker, eliminado no 4º programa após uma contusão no joelho, não estava presente. O ator recentemente realizou uma cirurgia e possivelmente não estava em condições de comparecer, mas ele foi lembrado nos diversos VTs exibidos durante o programa.

"É hora de se erguer e lutar, de fazer o certo, pois só temos uma vida... UMA vida"


E o troféu vai para...
Num programa de decisão, o que menos causou impacto foi o resultado. Desde o primeiro episódio, Yudi se mostrou o favorito, tendo como concorrente à altura somente Suzana Alves. Com um ótimo desempenho desde sua primeira performance, Yudi foi o grande vencedor com 80% dos votos. Já o 2º e 3º lugares não foram divulgados.  Dessa vez o público andou em sintonia com os jurados, pois se o programa se definisse pelas notas conquistadas também daria Yudi na pista de dança!

O público dessa vez se mostrou em sintonia com as notas dos jurados


Crossover "A Fazenda" e "Programa do Porchat"
Logo no início, houve uma rápida inserção do reality A Fazenda - Nova Chance, mostrando que os participantes estavam ligados na final, pois Xuxa em visita ao confinamento conseguiu que eles tivessem uma TV para acompanhar o programa.

2 realities em 1: A Fazenda também acompanha o Dancing Brasil

No final, mais uma vez Fabio Porchat "invadiu" o programa para apresentar seu talk-show diretamente do palco da atração. Tudo seguiu na mesma linha da outra temporada: Porchat fazendo esquetes (nada inspirados) com os finalistas, brincadeiras no palco e bate-papo com os vencedores. Porchat usou como trilho a comparação com a temporada anterior, provavelmente esperando ressuscitar o polêmico comportamento da última vencedora, mas Xuxa não deu tanta abertura, embora algumas declarações parecessem diretas para a  primeira campeã do reality.

A euforia com a final foi tanta que os vencedores só foram receber o troféu durante o Programa do Porchat

A entrevista valeu mesmo para conferir o amadurecimento de Yudi como artista e também o bom relacionamento que a atração mantém mesmo fora dos holofotes. Yudi e Xuxa ressaltaram o tanto que a equipe é unida e quer trabalhar para que tudo dê certo. "Trate bem aquele com quem você trabalha e você terá sempre um bom trabalho" concluiu o vencedor.


Yudi: declarações emocionadas e Xuxa como referência de profissional


Dancing Especial e 3ª temporada
A novidade - para quem não acompanha as notícias sobre Xuxa - ficou a cargo da edição especial do Dancing que vai acontecer no fim do ano. A atração terá como participantes algumas estrelas da 1ª e 2ª temporada e a adesão de novos participantes: os cantores Joelma e Buchecha, os apresentadores Marcos Mion e Ticiane Pinheiro, a atriz Rayanne Morais e Lisa Valastro, esposa do Cake Boss, Buddy Valastro.

Os participantes que se juntaram a algumas estrelas da 1ª e 2ª temporada
no Especial de Fim de Ano


Para a terceira temporada, a única coisa certa é que ela vai acontecer em 2018, mas data específica e quem são os participantes permanecem em aberto.


I Wanna Dance With... Dancing Brasil
Ao fim da primeira temporada, nossa preocupação era: "vai ser tão boa como a primeira?". Sim, foi! O Dancing Brasil fecha outro ciclo com um mérito a mais: provou que veio pra ficar. Não temos mais que nos preocupar com a terceira temporada, nem a quarta, nem a quinta...



O que ainda está sem solução é o tempo que ficaremos sem Xuxa na TV. A ausência da Rainha na telinha merece um triplo ZERO, viu dona Record TV?

Ficar sem Xuxa na TV até a próxima temporada/especial? Não pode!
Isso é digno de nota zero...

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Dancing Brasil 2 Ep.09 - Semifinal (18/09/2017)

Já com ares de decisão, a semifinal do Dancing Brasil 2 rendeu momentos de tensão, emoção e eliminação em dobro! Pela primeira vez, dois casais foram eliminados no mesmo programa (para compensar o programa #6 que não teve eliminação), como já era de se imaginar, pois a final acontece com três casais e ainda tínhamos cinco na disputa. Mas já já falamos disso, antes temos bastante para comentar.



E começamos por algo nada bom: o programa perdeu 15 minutos de seu tempo de duração! Tudo por conta da exibição do reality A Fazenda, que estreou semana passada. A gente até entende que o programa dos peões é diário e não poderia ser limado da programação só por conta do Dancing, mas também questionamos: o reality de dança foi, por várias vezes, elogiado pela qualidade que traz a cada semana para a TV, há um investimento incrível em sua produção, é uma atração para toda família e está na reta final (apenas 2 programas para o fim da temporada), precisavam tirar o tempo justamente da atração de Xuxa? Não dava para diluir esse tempo entre outros programas exibidos no dia?

Fora do compasso: tirar 15 minutos do Dancing em plena reta final, Record TV?

Claro que a redução do tempo de arte refletiu na dinâmica do programa e como neste episódio cada casal deveria se apresentar duas vezes com coreografias diferentes, o primeiro bloco foi o escolhido para protagonizar "a correria". Nada de VTs dos ensaios, nem muita conversa. As coisas estavam tão rápidas que Xuxa já pedia para o jurado começar a falar mesmo antes dos participantes chegarem às marcações para receberem os comentários. Uma pena.

Falando em primeiro bloco, não podemos deixar de falar da abertura. A Rainha não se apresentou - assim como foi na semifinal da primeira temporada - apenas os participantes fizeram um número sem muita novidade ao som de Dancing With Me Tonight, do cantor Olly Murs. Com correria ou não, convite feito, convite aceito, não é mesmo?

Os participantes e seus técnicos fizeram o número de abertura
Xuxa só apareceu no finalzinho

Em noite de semifinal, a loira não podia estar menos elegante e a responsável pelo visual "Oscar" (brincadeira de Junno nos bastidores) foi a estilista Fabiana Milazzo.

O vestido "Oscar" de Fabiana Milazzo

Na primeira etapa da noite, a funkeira Lexa foi a surpresa, pois a moça conseguiu seu primeiro - e merecido - dez com sua performance. Quem não se encantou muito com o samba da moça foi Jaime, que foi bastante rígido em seus comentários. Resultado? A plateia não se conteve e acabou vaiando o jurado. Jaime rebateu: "Eu entendo do assunto!".

Jaime rebateu a reação da plateia...

No segundo bloco, o andamento se normalizou. Os VTs voltaram e a atração recuperou o fôlego. O destaque ficou para Milene Domingues. Até então inexpressiva na dança, a ex-jogadora teve um crescimento inegável. Na primeira parte, ela e seu partner Rafael erraram um dos passos e a moça acabou caindo de cabeça no chão.  Apesar do tombo, ela retomou a apresentação como se nada tivesse acontecido, numa demonstração de profissionalismo que foi recompensada na segunda apresentação quando ela conseguiu seu primeiro 10 no programa numa performance de cha cha cha. 

... enquanto Milene bateu a cabeça no chão

E pensam que Jaime ficou menos afiado na segunda parte? De jeito nenhum! Depois da apresentação de Suzana Alves, o jurado fez novos comentários que desagradaram a plateia e já foi logo rebatendo: "É o meu trabalho. Pensam que eu venho aqui só pra bater palma? O programa só é bom por causa da gente também". Sim, Jaime, claro que vocês três já têm a cara do Dancing, mas cadê seu jive rebolado numa situação dessas?

Em breve: "Meu Malvado Favorito 4"
Estrelando: Jaime Arôxa


 Com tantas apresentações, a lista de músicas foi extensa:

ABERTURA: Dance With Me Tonight [Olly Murs] (2011)

PARTE 1
1. Milene & Rafael - I Want You Back [The Jackson 5] (1969)
Ritmo: Samba

2. Jaque & Marcelo - Tightrope [Janéle Monae feat. Big Boi] (2010) 
Ritmo: Jive

3. Suzana & Tutu - Jazz Machine (Remix) [Black Machine] (2013)
Ritmo: Samba

4. Yudi & Bárbara - Mercy [Duffy] (2008)
Ritmo: Cha Cha Cha

5. Lexa & Teo - Instruction [Jax Jones feat. Demi Lovato e Stefflon Don] (2017)
Ritmo: Samba


PARTE 2
1. Jaque & Marcelo - Wake Me Up [Brickbreaker] (2011) 
Ritmo: Quickstep

2. Yudi & Bárbara - Sweet Dreams [Eurythmics] (2003)
Ritmo: Tango

3. Milene & Rafael - Don't You Worry 'Bout A Thing [Tori Kelly] (2016)
Ritmo: Cha Cha Cha

4. Lexa & Teo - Emotion [Destiny's Child] (2001)
Ritmo: Rumba

5. Suzana & Tutu - Wild Thoughts [DJ Khaled feat. Rihanna e Bryson Tiller] (2017)
Ritmo: Salsa

ENCERRAMENTO: Stronger (What Doesn't Kill You) [Kelly Clarkson) (2011)

Mas nem as notas 10 que Milene e Lexa receberam foram suficientes para livrá-las da berlinda. As duas se juntaram a Jaque Carvalho na disputa pela preferência popular. Milene participou de quase todas as zonas de risco desde a estreia e sempre escapou, mas no embate da semifinal, ela e Jaque não foram páreo para Lexa.

Linguagem corporal, aula de hoje:
Lexa está feliz ou levou um tiro nas costas?

E assim chegamos aos três finalistas da segunda temporada do Dancing: Yudi Tamashiro, Suzana Alves e Lexa. Semana que vem é hora de fazer valer a dedicação e o profissionalismo de cada participante para a escolha dos votos. Como disse Fernanda Chamma: "precisamos ter um olhar de temporada", lembrando que um só dia não pode derrubar o trabalho de 9 programas!

Ai de quem não votar direito!


sábado, 16 de setembro de 2017

Xuxa no Rock in Rio - Hoje é dia de rock!

Entre 15 e 24/09, acontece, no Rio de Janeiro, a 7ª edição do Rock in Rio.  Na última quinta-feira, a organização do evento comunicou que a cantora Lady Gaga, uma das principais atrações do evento havia cancelado sua participação. Em meio ao desespero de alguns fãs, houve até quem brincasse que deveriam colocar o XuChá como uma das opções para substituir o show da cantora americana.
Sabiam que a brincadeira não é tão aleatória assim? Xuxa tem história com o Rock in Rio!



A notícia que a gente queria dar


No ano 2000, a Rainha foi eleita embaixadora do Rock in Rio Por um Mundo Melhor – nome dado à terceira edição do festival e ela já começou mostrando que Dia de Rock também é dia de fazer o bem.
No dia 12/08 daquele ano – cerca de 5 meses antes da estreia da 3ª edição – , Xuxa entregou um cheque no valor de R$200 mil para os projetos sociais da Unesco e do Viva Rio. Numa iniciativa do idealizador do Rock in Rio, Roberto Medina, cerca de 5% do faturamento líquido obtido com a venda de ingressos, patrocínio e venda de produtos seria destinado a projetos sociais. O cheque foi apenas o primeiro passo.

"Dia de Rock" é dia de fazer o bem também

Durante a cerimônia, Xuxa ficou emocionada ao repassar o cheque e ao ler a carta de uma garota de 20 anos, que contava ter abandonado os estudos e agora fazia parte de um dos projetos beneficiados e via neles a oportunidade de melhorar sua vida.
Xuxa ganhou de Roberto Medina uma guitarra, mas não levou o instrumento para casa. Ela o autografou, tentou alguns acordes e devolveu-o para que ficasse exposto no bar temático do Festival.

Xuxa recebe de Roberto Medina a guitarra como presente

“Muito obrigada por lembrar do meu e me incluir nessa empreitada. Vou tentar ser uma embaixadora de trabalho, não de nome, alguém que realmente tenha algo a acrescentar. Quando vi o que é o projeto, fiquei muito feliz e acho que é dever de todos nós fazer alguma coisa. Espero a ajuda de todos para que eu possa fazer muito, ou pelo menos o meu melhor. E espero também ser considerada uma boa embaixadora.” 
Declarações concedidas na coletiva de imprensa realizada na Cidade do Rock


Matéria publicada na revista Anamaria de 21/08/2000

Ainda em 2000, Xuxa gravou sua participação no vídeo institucional do festival. O vídeo foi exibido entre 24/12/2000 até o dia da estreia: 12/01/2001 e tinha cerca de 3 minutos de duração. Além de Xuxa, participaram outros artistas como Paulo Ricardo, Elba Ramalho, Murilo Rosa, Alessandra Negrini e Fafy Siqueira.

Educação para o s baixinhos faz um mundo melhor”: essa foi a frase de Xuxa
no vídeo institucional do Rock in Rio III


Na véspera da estreia, Xuxa e Ronaldinho – o outro embaixador do projeto – foram convidados por Roberto Medina para conhecer a Cidade do Rock, local onde acontece o evento.


Na véspera da estreia: Xuxa e Ronaldinho, os embaixadores, e Roberto Medina, o idealizador

Xuxa foi a primeira a chegar e estava animada:
“Espero que o resultado do trabalho possa demonstrar às pessoas que é possível mudar muita coisa. O evento é uma prova de que a união de todos faz diferença”.

Xuxa nunca se apresentou num dos palcos do festival, mas já deixou sua estrela cravada na história do Rock in Rio. Para quem vai curtir um dos espetáculos, divirta-se, afinal “hoje é dia de rock, bebê baixinho”!


♫♫ Era um garoto que como eu,
amava os Beatles a Xuxa e os Rolling Stones ♫♫


terça-feira, 12 de setembro de 2017

Dancing Brasil 2 - Ep. 08 (12/09/2017)

"Viver e não ter a vergonha de ser feliz..." Os inesquecíveis versos da canção de Gonzaguinha  (1945-1991) abriram o 8º episódio da segunda temporada do Dancing Brasil. A canção, declaradamente uma das preferidas da nossa Rainha, foi interpretada ao vivo pelo produtor musical do programa, Dunga, enquanto Xuxa dançava com os bailarinos do programa. Em tom festivo, a apresentação não deixou de ser emocionante, dado o significado da letra.

♫♫ Mas isso não impede que eu repita: ♫♫
♫  É bonita, é bonita e é bonita!  

Para a noite, Xuxa escolheu um conjunto de saia e blusa, fugindo um pouco do estilo dos figurinos anteriores que eram mais glamourosos ou recriações de clássicos. O visual foi composto pela blusa assinada por Letícia Manzam e saia de Marcelo Cavalcanti.

Para todos os gostos: depois de recriações de figurinos clássicos e longos de gala,
Xuxa apostou no jeans, em criação de Marcelo Cavalcanti

Antes do programa começar, Xuxa fez uma rápida transmissão ao vivo em seu Instagram para anunciar que a RecordTV voltou a integrar as principais operadoras de TV a cabo e aproveitou para mostrar rapidamente a "concentração" do programa nos camarins da emissora.

Live para avisar que a Record TV voltou ao sistema de TVs a cabo...
Um bom motivo para ver se estava funcionando? O Dancing, uai!


Faltando apenas dois episódios para encerrar a temporada, os participantes e seus técnicos tiveram trabalho em dobro essa semana. Cada casal apresentou duas coreografias. Na primeira etapa, os seis casais se apresentaram da forma tradicional: individualmente. O diferencial ficou por conta das músicas que deram o tom das performances: todas eram canções nacionais e foram apresentadas ao vivo pela banda do programa (em versão reduzida, já que a cantora Livia Dabarian não estava).

Quase9: a banda triplo 10 do Dancing Brasil

Vale destacar a emoção que tomou conta do programa em duas apresentações. Na primeira, Yudi e Bárbara protagonizaram uma belíssima valsa que arrancou lágrimas do jurado Paulo Goulart Filho. Ovacionado por toda a plateia, Yudi também não se segurou.

A valsa de Bárbara e Yudi: dessa vez nem Fernanda reclamou do choro
♫♫   Eu só sei que confio na moça   ♫♫
♫  E na moça eu ponho a força da fé 


A outra apresentação também foi tomada por lágrimas, mas não de alegria. A jogadora Jaque Carvalho começou bem, mas teve um "branco" no meio da apresentação e se perdeu em alguns passos. A morena caiu em prantos ao final e foi acolhida por Xuxa. Mesmo assim, ela conseguiu uma pontuação maior do que Milene Domingues, que abriu a noite de competição.

Mais choro: a frustração de Jaque ao final de sua apresentação
♫♫    ...cantar e cantar e cantar...     ♫♫
♫ a beleza de ser um eterno aprendiz  

Na segunda etapa, a novidade da noite e do programa: pela primeira vez os participantes executaram coreografias feitas pelos jurados. Para isso foram divididos em três duplas de casais que competiram entre si. Falaremos quem disputou com quem e qual jurado coreografou as duplas daqui a pouco. A terceira apresentação, com o embate entre os casais Yudi & Bárbara x Lexa & Teo foi um dos momentos mais empolgantes dessa temporada. A comoção do público e dos próprios jurados foi tamanha que foi questionado se um empate técnico não poderia ser aceito diante do excelente desempenho de Yudi e Lexa, mas a regra é clara: isso não é possível. Somente Paulo fez questão de votar nos dois casais ao mesmo tempo.

Paulo Goulart Filho dá empate técnico
♫♫   É o sopro do criador   ♫♫
♫ numa atitude repleta de amor  


Fazendo jus ao nome, as músicas ficaram dividas em metade "Brasil" (nacionais), metade "Dancing" (internacionais), de acordo com o tipo de apresentação:

Abertura: O Que É, O Que É [Gonzaguinha] (1982)

Apresentações Individuais (canções interpretadas ao vivo pela Banda do Dancing)
1. Milene Domingues e Rafael - Sandra Rosa Madalena, A Cigana [Sidney Magal] (1978)
Ritmo: Tango

2. Suzana Alves e Tutu - Brasileirinho [Waldir Azevedo] (1968)
Ritmo: Quickstep

3. Carla Prata e Bruno - Um Certo Alguém [Lulu Santos] (1983)
Ritmo: Cha Cha Cha

4. Yudi Tamashiro e Bárbara - Rosa [Pixinguinha] (1917)
Ritmo: Valsa

5. Lexa e Teo - Sangue Latino [Secos & Molhados] (1973)
Ritmo: Paso Doble

6. Jaque Carvalho e Marcelo - Mas Que Nada [Jorge Ben Jor] (1963)
Ritmo: Samba


Desafio das Duplas
1. Carla & Bruno x Milene & Rafael - Swalla [Jason Derulo feat. Nicki Minaj & Ty Dolla $ign] (2017) 
Jurado Coreógrafo: Jaime Arôxa
Ritmo: Zouk

2. Suzana & Tutu x Jaque & Marcelo - On Broadway [George Benson] (1978)
Jurada Coreógrafa: Fernanda Chamma
Ritmo: Jazz Musical

3. Lexa & Teo x Yudi & Bárbara - Titanium [Madilyn Bailey (cover)] (2012)
Jurado Coreógrafo: Paulo Goulart Filho
Ritmo: Dança Contemporânea

As apresentações vencedoras do duelo de casais somaram 3 pontos ao placar ao participante campeão. Carla, Suzana e Lexa levaram a melhor e garantiram o acréscimo em suas notas. Mesmo assim, Carla não escapou da zona de risco, que dividiu com Jaque e Milene. Na votação popular, Carla ficou atrás e deixou o programa, mesmo tendo pontuação superior a de suas colegas de votação.


Carla: eliminada mesmo com a nota maior
♫♫ E a vida? Ela é alegria ou lamento? ♫♫
♫ O que é, o que é? ♫

O próximo programa será a semifinal e Xuxa já adiantou a novidade: dois casais serão eliminados no mesmo programa para que, ao final, saibamos os três finalistas do programa. Cada vez mais fica difícil lidar não com as eliminações, mas com o fato da temporada estar no fim e não termos nem previsão de quando Xuxa voltará às nossa telinha. Dancing Brasil 3 já, por favor!

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Bozo e Xuxa - A verdade sobre o "rei" das manhãs

Há pouco menos de um mês estreou, nos cinemas nacionais, o filme “Bingo, o Rei das Manhãs” (Warner Bros Pictures), que é inspirado na vida de Arlindo Barreto, um dos mais famosos (e polêmicos) intérpretes do palhaço Bozo, personagem do programa infantil da TVS/SBT, que ficou no ar entre 1980 e 1991.
A produção tem caráter biográfico, mas não quis fazê-lo de forma literal e por isso o espectador, já pelo título, vai notar que os nomes estão trocados: Bozo virou Bingo, Arlindo virou Augusto e por aí vai: TVS (TVP), Rede Globo (Rede Mundial) e Xuxa (Lulu). Xuxa? Pois é... Parece brincadeira, mas sobrou até pra Xuxa na história recontada do palhaço “importado” por Silvio Santos. Mas antes vamos a detalhes que fazem a diferença.

Bozo teve seus dias de reinado... até a estreia de Xuxa


Atenção: Daqui para baixo temos spoilers  e se você não gosta deles, siga nossa sugestão: pare de ler agora, vá ver o filme e depois volte aqui para desfazer a ideia errada que estará na sua cabeça. Bom filme e até daqui a pouco...


Esta é uma mera obra de ficção...
Em entrevista ao site Papel Pop, o diretor do longa, Daniel Rezende, explica que a decisão de fazer as mudanças aconteceram para ter uma maior liberdade criativa para o filme. Assim, algumas passagens na vida de “Augusto Mendes” incluindo momentos do programa "Bingo" não podem ser tomadas como verdade. Não MESMO!

"... mas os meus cabelos, quanta diferença!"

Qualquer semelhança com nomes, pessoas, ...
No filme, uma personagem chamada Lulu é a apresentadora de um programa infantil exibido na "TV Mundial". Vestindo maiô e usando microfone todo enfeitado, o visual da moça é uma clara alusão à imagem estereotipada de Xuxa no comando de seus programas infantis da década de 80.  Por que estereotipada? Porque é comum vermos pessoas dizerem que Xuxa apresentava seus programas em trajes sumários como maiôs, tudo por conta de uma famosa foto do Clube da Criança de Carnaval (1984) onde Xuxa realmente está com um maiô. Como se isso acontecesse diariamente no programa da TV Manchete...

Nem tudo que se vê é o que parece...

... fatos ...
Voltando ao filme: em determinado momento, um dos diálogo dá a entender que ganhar da TV Mundial era impossível, pois eles “tinham o Show da Lulu”, mas eis que chega o dia em o palhaço vence a apresentadora na audiência. Para comemorar, Bingo pega uma boneca loirinha (tipo uma Barbie) e, durante o programa faz uma provocação para a emissora concorrente, pisando no brinquedo que claramente representa a Lulu - ou seja, a verdadeira Rainha das manhãs. Pronto! Aqui se encerra a pequena participação de Lulu e, consequentemente, as referências à Xuxa e seu Xou.

Bingo pisando em Lulu? Só pode ser palhaçada...


... ou situações da vida real
Diferente do que foi retratado no filme, o programa "Bozo" estreou em setembro de 1980, quando Xuxa nem sonhava em apresentar um programa infantil. Arlindo Barreto só se tornou um dos intérpretes do palhaço em 1983. A essa altura, Xuxa já comandava um programa infantil, mas na TV Manchete e num horário que em momento algum competia com o infantil da TVS.
Quem enfrentava o palhaço na disputa pela audiência - e por vezes perdia - era a TV Mulher. De acordo com o site Na Telinha, do portal UOL, o programa feminino da TV Globo sofreu sucessivas derrotas a partir de 1985.

"O programa do palhaço chegava a ter 32% do número de televisores ligados em São Paulo, contra apenas 18% da Globo e 9% da Manchete. No primeiro semestre (de 1986), a coisa piorou: Bozo chegou a 33% contra 17% da Globo e 13% da Manchete, que começava a ameaçar também com desenhos."

Será que a boneca loira do filme representava Marília Gabriela,
uma das apresentadoras do TV Mulher?

Como sabemos, Xuxa só foi para as manhãs da emissora "líder" em junho de 1986 e era a promessa para desbancar a audiência do palhaço. E ela conseguiu! Em artigo publicado no jornal O Globo, em 29/06/1999, o jornalista Ali Kamel relembra como foi a disputa entre o palhaço e o verdadeiro programa Rei das Manhãs.

"Apesar de toda a carga de preconceito que pesava sobre ela (dizia-se até que errava na concordância verbal), Xuxa foi contratada pela Globo para substituir a Turma do Balão Mágico e o TV Mulher. A iniciativa visava a um alvo concreto: o palhaço Bozo, que ameaçava a Globo no horário matinal. ‘Com a contratação de Xuxa, a Rede Globo espera superar de vez os picos de audiência de Bozo, seu concorrente na TVS’, dizia o Jornal do Brasil na época. ‘Espera-se que Xuxa desbanque o grande concorrente da emissora no horário das 8 às 9 da manhã: o palhaço Bozo, da TVS. Nesse período o programa da concorrente incomoda a Globo; algumas vezes chega a empatar com o TV Mulher, e mesmo a vencê-lo’, escreveu a revista “Afinal” em junho de 86. Dispensável dizer que o êxito foi total."

Trecho de matéria publicada na revista Cláudia em dezembro de 1986

Querem mais? Nós temos...
O próprio Arlindo Barreto declarou - de forma desnecessariamente machista - em uma recente entrevista para uma rádio que seu programa não foi páreo para o da nossa loira. Ouça:


Quer conferir essa entrevista na íntegra? Acesse: https://youtu.be/9IOgvotJPvA?t=997
Além disso, após Xuxa passar a concorrer com o programa do Bozo, Arlindo deixou o comando do programa pouco tempo depois, em meados de 1987.


... terá sido mera coincidência?
Agora que estamos entendidos, lembramos que essa parte com referências à Xuxa é só um pedacinho em todo o filme, mas é inegável que colocar Bozo Bingo vencendo a Xuxa Lulu é muito mais interessante que colocar o palhaço vencendo a TV Mulher ou o Balão Mágico. Aliás, se fossem retratar isso como ficaria? TV Feminina e Balão dos Truques?
Falando em referências, talvez digam que a gente quer forçar mais uma, mas é tão curioso lembrar de como toda a imprensa sempre se referiu a Xuxa... e depois ver o nome do filme. Rainha... Rei... coisas da nossa cabeça ou mera coincidência?
E olha que nem falamos que foram necessários 5 Bozos nesses anos, enquanto Xuxa só tem uma!

Então um palhaço era o "rei" das manhãs?
Conte-me mais sobre essa história...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...